Editado pelo Grupo Interlab Ano VIII - Nº 15 1º Semestre de 2008 
  PÁGINA 1  |  PÁGINA 2  |  PÁGINA 3  |  PÁGINA 4  |  PÁGINA 5  |  PÁGINA 6

Laborclin Paraná
40 anos construindo o Brasil
                                                  
   

por Dr. Pedro A Ynterian
Diretor Presidente Grupo Interlab

A Interlab tem 35 anos, a Laborclin 40. Talvez, junto a outros pioneiros, as empresas mais antigas de nosso país e da América Latina a produzir e desenvolver tecnologia para todo tipo de laboratório.
Não tínhamos entrado na década de oitenta quando o Dr. Carlos Vianna e eu começamos a conversar sobre uma sinergia de esforços. O Brasil, inserido em um mundo sacudido pela primeira grande crise do petróleo, praticamente esgotava suas reservas de moedas para compras externas, e tinha que voltar seus olhos a seu empreendedorismo interno para substituir os produtos que já não entravam no país.
Nós tínhamos a Difco, grande linha de meios de cultura microbiológicos que todos apreciavam e a Laborclin tinha desenvolvido o primeiro frasco de hemocultura com vácuo e todos os componentes necessários para que qualquer microrganismo no sangue de pacientes se desenvolvesse. Só precisávamos juntar-nos. O Dr. Carlos, veterinário, professor de bioquímica da Universidade Federal do Paraná, tinha a característica de ser um criador, um inventor, que com poucos recursos e muita vontade desenvolvia os produtos necessários que já não chegavam do exterior.
Através de nossas mãos a Difco entrou na Laborclin e esta como se conhece hoje, converteu-se na principal empresa fabricante de produtos microbiológicos. E assim é até hoje: qualidade acima de tudo e responsabilidade permeando
todas as suas ações. Hoje, a nova geração começa a tomar conta de ambos empreendimentos, tanto na Interlab como na Laborclin. Os velhos ainda estão presentes para guiar, aconselhar, e como sempre incentivar mais desafios.
Daquela sociedade que começou há mais de 3 décadas, nós só temos boas lembranças e sabemos que mais 40 anos estarão pela frente para continuar construindo este Brasil, que queremos que se converta em um país em todo o sentido da palavra.


             
            


 
 
Topo